Esquerda - Conteúdo.

O que é um Display Braille?

Laercio Sant'Anna e outros *.

Leitor de Tela & Sintetizador de Voz & Display Braille.

O leitor de tela é o meio tecnológico utilizado para suprir as dificuldades que as pessoas cegas têm na obtenção da informação que aparece no monitor. Através dele, o que aparece na tela é transformado em informação auditiva por meio de uma placa de som e sintetizador de voz, ou em informação tátil, quando se utiliza em conjunto com um Display Braille.

O leitor de tela é um software que roda em background no computador do usuário, ou seja, fica em funcionamento enquanto outros programas são utilizados. Por meio de comandos no próprio teclado do computador, a pessoa com deficiência visual solicita ao programa que fale ou faça display de uma palavra, uma linha, uma letra, soletre ou mostre a palavra ou frase, leia toda a tela, leia o que está escrito em um botão, ícone, janela, lista, caixa combinada etc.

No entanto, embora muitos usuários não saibam, o leitor de tela depende de um complemento, ou seja, de um sintetizador de voz ou de um Display Braille para transmitir a informação. Dessa forma, pode-se dizer que o leitor de tela é responsável por capturar no código, através dos comandos dados pelo usuário, as informações da tela, que são passadas ao sintetizador de voz, para serem faladas em voz quase humana, ou ao Display Braille, para que mostre o conteúdo em alto-relevo, podendo serem utilizados simuntaneamente.

Display Braille.

Imagem do Display Braille e sua utilização. A Linha Braille, ou Display Braille, é um hardware que exibe dinamicamente em Braille a informação da tela ligado a uma porta de saída do computador. Pode-se definir Display Braille como um dispositivo de saída tátil para visualização das letras no sistema Braille. Por intermédio de um sistema eletro-mecanico, conjuntos de pontos são levantados e abaixados, conseguindo-se assim uma linha de texto em Braille.

Em geral, contam com diversos botões de função para controlar diretamente a navegação e, em muitos casos, executar comandos do leitor de tela ou do Windows. Existem linhas Braille tanto para computadores de mesa quanto para computadores de mão (PDA) e celulares, acopláveis ou embutidos a estes.

Os atuais displays possuem dimensões que vão desde uma única célula (de seis ou oito pontos) até linhas de 80 células. A maioria comporta entre doze e vinte células por linha. É principalmente útil para a pessoa surdocega, que pode superar a ausência ou dificuldade de audição e visão através do tato. Infelizmente, é pouco usado no Brasil devido ao seu altíssimo custo - os mais simples e baratos ultrapassam os cinco mil dólares.

Linha Braille Focus 60 e 80.

Imagem do Display Braille - Linha Braille Focus 80

O mesmo fabricante do Jaws, a Freedom Cientific, fabrica também um excelente Display Braille, Linha Focus 40 ou 80, com muitas dessas características:

  • Detalhes para navegação projetados para evitar a necessidade de tirar as mãos da linha.
  • Todos os botões podem ser individualmente configurados para criar teclas de atalho personalizadas.
  • Teclas de função dupla dispostas dão acesso instantâneo a muitos comandos de Braille e do Jaws: ativar Braille contraído, alternar entre modos de exibição de linha ou estruturado, dar comandos de teclado como TAB, SHIFT+TAB, HOME e END.
  • Conexão simples ao PC ou laptop via cabo USB ou Blutooth.

* Texto organizado por Marco Antonio de Queiroz baseado no texto de Laercio Sant'Anna.
Fontes: Laercio Sant'Anna - Jornal Conviva - Ano VII - n║. 36 - outubro de 2006. Site Externo.
Blog sobre Tecnologias para Pessoas Portadoras de necessidades Especiais!!! 27 de Setembro de 2007. Site Externo.

Disponibilizado em: 28/04/2008.